R$69,90

  • autora: oyèrónkẹ́ oyěwùmí

  • editora: bazar do tempo

  • isbn: 9786586719499

  • formato: 23 x 15 cm

  • páginas: 324

    marco referencial no campo dos estudos de gênero, o livro da socióloga nigeriana oyèrónkẹ́ oyěwùmí oferece uma nova maneira de compreender o papel social da mulher a partir de referências africanas, especificamente da cultura iorubá. a pesquisa, resultado de sua tese de doutorado, revela como a ideologia do determinismo biológico está no cerne das categorias sociais ocidentais – a ideia de que a biologia fornece a base lógica para organizar o mundo social. em oposição, a autora mostra como conceitos baseados no corpo não eram centrais na organização das sociedades iorubás antes da colonização.
    dessa maneira, sua análise acaba por destacar a natureza contraditória de dois pressupostos fundamentais da teoria feminista: que o gênero é socialmente construído e que a subordinação das mulheres é universal.